TV Justiça
Ponto Jus Twitter Youtube
TAMANHO Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte
Notícias
Infanticídio é crime que só pode ser atribuído à mãe
Programação
 | 20/03/2017 - 18:35

O assassinato de um recém-nascido é visto como algo monstruoso. Ainda mais quando é praticado pela mãe. O Código Penal classifica este ato como infanticídio e prevê pena mais branda, em relação ao homicídio. Essa diferença é explicada pela ciência. É que o parto faz com que seja despejado um turbilhão de hormônios na mulher. Essa mudança hormonal drástica pode embaralhar os pensamentos da mãe ou até mesmo anular qualquer senso crítico. Daí, em raros casos, há o assassinato.

O programa Fórum também vai discutir a morte de crianças indígenas, pelos pais ou parentes. Neste caso, o que determina a morte é a cultura de cada etnia. Crianças que nascem com problemas físicos, por exemplo, podem ser vítimas, apesar de a Fundação Nacional do índio (Funai) afirmar que casos assim são tão raros que não são relevantes o bastante para fazer parte de uma estatística. 

O Fórum recebe o psiquiatra e doutor em Saúde Mental Régis Barros e a doutora em Direito Penal Soraia Mendes.

Exibições:

Inédito: 20/03, às 12h30.

Reapresentações: 21/03, às 9h; 24/03, às 9h; 25/03, às 12h e 26/03, às 12h.